Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH)

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Isaías 43 a 46 (dia 184)

Isaías 43
O Senhor promete salvar o seu povo

1Mas agora, povo de Israel,o Senhor Deus, que o criou, diz:

“Não tenha medo, pois eu o salvarei;
eu o chamei pelo seu nome, e você é meu.
2Quando você atravessar águas profundas,
eu estarei ao seu lado,
e você não se afogará.
Quando passar pelo meio do fogo,
as chamas não o queimarão.
3Pois eu sou o Senhor, seu Deus,
o Santo Deus de Israel, o seu Salvador.
Dei como pagamento o Egito, a Etiópia e Seba
a fim de que você fosse meu.
4Para libertar você, entrego nações inteiras
como o preço do resgate,
pois para mim você vale muito.
Você é o povo que eu amo,
um povo que merece muita honra.
5Não tenha medo, pois eu estou com você.
“Do Leste e do Oeste
levarei o meu povo de volta para o seu país.
6Ordenarei ao Norte que os deixe sair
e direi ao Sul que não os segure.
Dos lugares mais distantes do mundo
deixem que os meus filhos e as minhas filhas voltem para casa!
7Todos eles são o meu próprio povo;
eu os criei e lhes dei vida
a fim de que mostrem a minha grandeza.”



O Senhor, o único Deus

8O Senhor Deus diz:

“Tragam o meu povo para ser julgado.
Eles têm olhos, mas não veem,
têm ouvidos, mas não ouvem.
9Reúnam-se no tribunal, todas as nações,
ajuntem-se, todos os povos.
Por acaso, um dos seus deuses anunciou o que ia acontecer?
Algum deles disse o que está acontecendo agora?
Que eles tragam as suas testemunhas
e provem que estão certos,
a fim de que todos digam: ‘É verdade mesmo!’ ”

10O Senhor diz:

“Povo de Israel, você é a minha testemunha;
você é o servo que eu escolhi
para que me conheça, e creia em mim,
e entenda que eu sou o único Deus.
Antes de mim, não houve nenhum outro deus
e nunca haverá outro depois.
11Eu, só eu, sou o Senhor,
somente eu posso salvar vocês.
12Fui eu quem prometeu salvá-los
e, de fato, foi isso que fiz.
E vocês são testemunhas
de que não foi outro deus que fez isso.
13Eu sou Deus e sempre serei.
Ninguém pode escapar do meu poder
e ninguém pode desfazer o que eu faço.”



A derrota da Babilônia

14O Senhor, o Santo Deus de Israel, o Deus que salva, diz ao seu povo:

“Por causa do meu amor por vocês,
enviarei contra a Babilônia um exército
que conquistará a cidade,
e os gritos de alegria dos babilônios virarão choro.
15Eu sou o Senhor, o Santo Deus de vocês,
o Criador de Israel e o seu Rei.”

16Há muito tempo, o Senhor abriu um caminho no mar, uma estrada no meio das águas perigosas.
17Ele derrotou um poderoso exército, um exército de carros e cavalos de guerra.
Eles caíram para nunca mais se levantar;acabaram-se como um pavio que está se apagando.

18Mas agora o Senhor Deus diz ao seu povo:

“Não fiquem lembrando do que aconteceu no passado,
não continuem pensando nas coisas que fiz há muito tempo.
19Pois agora vou fazer uma coisa nova,
que logo vai acontecer,
e, de repente, vocês a verão.
Prepararei um caminho no deserto
e farei com que estradas passem em terras secas.
20Serei louvado pelos animais selvagens,
pelos chacais e pelos avestruzes.
Pois farei com que jorrem fontes no deserto
e com que rios corram pelas terras secas,
para dar de beber ao meu povo escolhido.
21Este é o povo que criei para que fosse meu
a fim de que desse louvores ao meu nome.”




A ingratidão de Israel

22O Senhor diz ao seu povo:

“Vocês se enjoaram de mim
e pararam de me adorar.
23Vocês não me ofereceram carneiros para serem queimados em sacrifício,
nem me honraram com outros sacrifícios.
Eu não os obriguei a me apresentarem ofertas de cereais,
nem fiquei exigindo que me oferecessem incenso.
24Vocês não foram obrigados a comprar plantas cheirosas
para apresentá-las a mim,
nem tiveram de me oferecer a gordura dos animais
para me agradar.
Pelo contrário, vocês me cansaram com os seus pecados
e me aborreceram com as suas maldades.”
25“Mas eu — eu mesmo — sou o seu Deus
e por isso perdoo os seus pecados e os esqueço.
26Meu povo, se você tem uma causa contra mim,
vamos juntos ao tribunal!
Apresente as suas provas,
e veremos se você tem razão.
27O pai da sua raça pecou;
os seus profetas também pecaram contra mim,
28e as suas autoridades profanaram o meu Templo.
Por isso, eu deixei que Israel fosse destruído,
deixei que o meu próprio povo fosse humilhado.”



Isaías 44

O Senhor é o único Deus

1O Senhor Deus diz:

“Escute, Israel, pois você é o meu servo,
o povo que eu escolhi!
2Eu, o Senhor, sou o seu Criador
e o tenho ajudado
desde o dia em que você nasceu.
Israel, meu servo, não fique com medo,
pois eu o amo e o escolhi para ser meu.
3Vou fazer com que caia chuva no deserto
e com que em terras secas corram rios.
Assim também derramarei o meu Espírito sobre os seus descendentes
e lhes darei as minhas bênçãos.
4Eles crescerão como a grama bem regada,
como chorões que nascem na beira dos rios.”
5“Muitos se juntarão ao povo de Deus.
Um dirá assim: ‘Eu sou do Senhor’;
outro dirá: ‘o meu nome é Jacó’;
outro ainda escreverá na sua mão: ‘Eu pertenço ao Senhor’;
e ainda outro usará Israel como sobrenome.”

6O Senhor, o Rei e Salvador de Israel, o Deus Todo-Poderoso, diz:

“Eu sou o primeiro e o último,
além de mim não há outro deus.
7Haverá outro que seja igual a mim?
Pois que venha à minha presença,
apresente as suas razões
e prove que está dizendo a verdade.

Quem anunciou tudo o que ia acontecer?
Já houve alguém que desde o princípio
sempre pudesse contar as coisas do futuro?

8Meu povo, não tenha medo, nem fique apavorado!
Não é verdade que desde o princípio
eu sempre anunciei a vocês o que ia acontecer?
Vocês são minhas testemunhas de que isso é verdade.

Será que há outro deus além de mim?
Não! Não existe outro protetor;
eu não conheço nenhum.”



A idolatria é condenada

9Os que fazem imagens não prestam, e os seus deuses, que eles tanto amam, não valem nada. Os que adoram imagens são tolos e cegos e por isso serão humilhados. 10É uma grande tolice fazer uma imagem para ser adorada como se fosse um deus. 11Todos os que a adorarem serão humilhados. Os que fazem ídolos são apenas seres humanos; nada mais. Que eles se reúnam e se apresentem no tribunal! Ali ficarão apavorados e serão humilhados.

12O ferreiro pega um pedaço de metal, coloca nas brasas e depois com toda a força vai batendo nele com o martelo até formar a imagem. Ele trabalha tanto, que não come, nem bebe e acaba perdendo as forças.

13O escultor mede um pedaço de madeira e com um giz desenha nele a figura do ídolo. Depois, com as suas ferramentas, ele faz uma estátua com a forma de um belo ser humano, para ser colocada num templo.

14O escultor vai à floresta para cortar uma árvore; escolhe um cedro, um cipreste ou um carvalho. Ele só corta árvores bem grossas ou então planta uma e espera até que a chuva a faça crescer.

15O homem usa uma parte da madeira para fazer um fogo; ali ele se esquenta e também assa o pão. A outra parte da madeira é usada para fazer uma imagem; e o homem fica de joelhos e a adora. 16Assim metade da madeira serve para fazer um fogo; o homem assa a carne, come e fica satisfeito. Também se esquenta e diz:
“Que fogo bom! Já me esquentei bem!”

17Com a outra metade da madeira, o homem faz uma imagem, isto é, um deus; depois, fica de joelhos e a adora. E faz esta oração:
“Tu és o meu deus; salva-me!”

18Essa gente não tem juízo. Eles fecharam os olhos e não podem ver nada; fecharam também a sua mente e não entendem nada.

19O homem que faz imagens não entende nada e não tem a inteligência necessária para dizer a si mesmo:
“Ora, com metade dessa madeira eu fiz um fogo; assei o pão, assei a carne e comi. E com a outra metade eu fiz esta imagem nojenta. Agora, aqui estou eu, adorando um pedaço de madeira!”

20Adorar uma imagem não adianta nada; é o mesmo que comer cinzas.

O homem que adora imagens não pensa direito, mas vive enganado. Ele não pode se salvar, pois não é capaz de dizer:
“Isto que está na minha mão não é um deus coisa nenhuma.”



O Senhor, o Criador e Salvador

21O Senhor Deus diz:

“Povo de Israel, lembre disto!
Não esqueça que você é o meu servo.
Eu o criei para que me servisse
e nunca esquecerei você.
22Já perdoei as suas maldades e os seus pecados;
eles desapareceram como desaparece a cerração.
Volte para mim, pois eu sou o seu Salvador.”
23Ó céus, gritem de alegria
por causa daquilo que o Senhor Deus fez!
Cantem louvores, lugares profundos da terra!
Montanhas e florestas, com as suas árvores,
cantem todos de alegria!
Pois o Senhor salvou o povo de Israel
e assim mostrou a sua grandeza.

24O Senhor, o Salvador de Israel, diz:

“Meu povo, eu sou o seu Criador;
antes que você tivesse nascido, eu já o havia criado.
Sozinho, eu criei todas as coisas;
estendi os céus e firmei a terra
sem a ajuda de ninguém.

25Eu não deixo que se cumpram as mensagens de profetas mentirosos
e faço com que os adivinhos fiquem parecendo tolos.
Faço com que os sábios se enganem
e transformo toda a sua sabedoria em tolice.
26Mas eu faço com que se cumpra a mensagem do meu servo
e com que as palavras dos meus mensageiros aconteçam.
Prometo que Jerusalém terá moradores novamente
e que as cidades de Judá serão reconstruídas.
Farei com que elas se levantem do meio das suas ruínas.
27Basta que eu dê uma ordem,
e o mar seca, e os rios ficam sem água.
28Sou eu quem diz a Ciro:

“Você governará em meu nome
e fará o que eu quero.
Você ordenará que Jerusalém seja reconstruída
e que sejam postos os alicerces do novo Templo.”



Isaías 45

Deus escolhe Ciro para cumprir o seu plano

1O Senhor ungiu Ciro como rei. Ele o pegou pela mão direita e lhe deu poder para conquistar nações e derrotar reis. Para que Ciro entre nas cidades, o Senhor abre os portões, e ninguém pode fechá-los de novo.

O Senhor Deus diz a Ciro:

2“Eu irei na sua frente
e aplanarei as montanhas;
arrebentarei portões de bronze
e quebrarei as suas trancas de ferro.
3Eu lhe darei tesouros escondidos,
riquezas guardadas em lugares secretos
a fim de que você saiba que eu sou o Senhor,
o Deus de Israel, que o chama pelo nome.

4Eu o estou chamando para que você ajude o povo de Israel,
o meu povo escolhido.
E, embora você não me conheça,
eu lhe dou um título de honra.”
5“Eu, e somente eu, sou o Senhor;
não há outro deus além de mim.
Embora você não me conheça,
eu lhe dou força para lutar.
6Faço isso para que, de leste a oeste,
o mundo inteiro saiba
que além de mim não existe outro deus.
Eu, e somente eu, sou o Senhor.
7Eu sou o Criador da luz e da escuridão
e mando bênçãos e maldições;
eu, o Senhor, faço tudo isso.”
8“Assim como a chuva vem de cima,
eu enviarei do céu a minha vitória.
A terra se abrirá para recebê-la
e fará brotar a salvação e a liberdade.
Eu, o Senhor, farei isso.”



O poder soberano de Deus

9Um vaso de barro não briga com quem o fez. O barro não pergunta ao oleiro: “O que é que você está fazendo?”, nem diz: “Você não sabe trabalhar.”

10E um filho não se atreve a dizer aos seus pais: “Por que vocês fizeram com que eu viesse ao mundo?”

11O Senhor, o Santo Deus de Israel, o seu Criador, diz:

“Por acaso, vocês vão exigir que eu explique como cuido dos meus filhos?
Vocês querem me ensinar a fazer as coisas?
12Fui eu que fiz a terra
e criei os seres humanos para morarem nela.
Com as minhas próprias mãos, estendi o céu
e ordenei que o sol, a lua e as estrelas aparecessem.
13Eu mesmo ordenei a Ciro que começasse a agir
e lhe prometi a vitória.
Eu aplanarei os caminhos por onde ele vai passar.
Ele reconstruirá Jerusalém, a minha cidade,
e porá em liberdade o meu povo que está no cativeiro,
sem exigir nenhum pagamento para fazer isso.
Sou eu, o Senhor Todo-Poderoso, quem está falando.”

14O Senhor diz ao povo de Israel:

“Vocês ficarão com as riquezas do Egito, da Etiópia
e dos moradores de Sebá, aquela gente alta.
Vocês os derrotarão, e eles serão os seus escravos;
e, presos com correntes, irão andando atrás de vocês.
Eles se ajoelharão na frente de vocês
e declararão humildemente:
‘Deus está com vocês, e não há outro deus além dele.’ ”

15O Deus de Israel, que salva o seu povo,
é um Deus que se esconde das pessoas.
16Os que fazem imagens serão humilhados,
todos eles passarão vergonha.
17Mas o povo de Israel foi salvo pelo Senhor;
ele os salvou para sempre,
e eles nunca serão humilhados, nem passarão vergonha.
18O Senhor, que criou os céus,
é o único Deus.
Ele fez a terra, e lhe deu forma,
e a colocou no seu lugar.
Ele não a criou para que ficasse vazia,
mas para que houvesse moradores nela.

O Senhor Deus diz:

“Eu sou o Senhor, e não há outro deus.
19Eu não falei em segredo,
não falei num lugar escuro
e não disse ao povo de Israel
que me procurasse num lugar deserto.
Eu, o Senhor, falo a verdade,
e o que digo sempre merece confiança.”



O Senhor e os deuses falsos

20O Senhor Deus diz:

“Venham e ajuntem-se, todos os povos que escaparam com vida,
e apresentem-se no tribunal.
Não sabem nada as pessoas
que oram a deuses que não podem salvá-las,
pessoas que fazem procissões,
carregando as suas imagens de madeira.

21Falem logo e apresentem as suas razões;
consultem uns aos outros, se quiserem.
Quem foi que anunciou há muito tempo
as coisas que iam acontecer?
Não fui eu mesmo, o Senhor?
Pois não há outro deus além de mim;
eu sou o único Deus,
o Deus fiel que salva o seu povo.

22“Povos do mundo inteiro,
voltem para mim, e eu os salvarei,
pois eu sou Deus, e não há nenhum outro.

23Fiz um juramento no meu próprio nome;
o que eu digo é verdade
e nunca deixará de acontecer.

Juro que todos se ajoelharão diante de mim
e prometerão ser fiéis a mim.
24Declararão que somente eu, o Senhor,
posso dar poder e vitória.
Todos os que me têm combatido
ficarão humilhados e envergonhados na minha presença.
25Mas eu, o Senhor, darei a vitória ao meu povo,
e eles me louvarão.”



Isaías 46

A derrota dos deuses da Babilônia

1“Os deuses Bel e Nebo se inclinam e caem no chão.
Esses ídolos são colocados nas costas de animais de carga;
são um peso enorme para os animais cansados.
2Os deuses se inclinam e caem;
eles não podem se salvar
e são levados pelos inimigos.

3“Escute, povo de Israel;
escutem, todos os descendentes de Jacó que ficaram vivos!
Desde que vocês nasceram, eu os tenho carregado;
sempre cuidei de vocês.
4E, quando ficarem velhos, eu serei o mesmo Deus;
cuidarei de vocês quando tiverem cabelos brancos.
Eu os criei e os carregarei;
eu os ajudarei e salvarei.
5“Com quem é que vocês podem me comparar?
Quem é parecido comigo?

6Há gente que pega uma boa porção do seu ouro
e uma enorme quantidade da sua prata
e paga um ourives para que com esse ouro e com essa prata
ele faça um deus.
E depois se ajoelham diante desse deus e o adoram.
7Então carregam a imagem nas costas
e a colocam no seu lugar;
e ali ela fica, sem poder se mexer.
Se pedirem socorro à imagem, ela não atende;
ela não pode livrá-los das suas dificuldades.

8“Pecadores, lembrem disso:
pensem bem e tenham juízo.
9Lembrem do que aconteceu no passado
e reconheçam que só eu sou Deus,
que não há nenhum outro como eu.

10Desde o princípio, anunciei as coisas do futuro;
há muito tempo, eu disse o que ia acontecer.
Afirmei que o meu plano seria cumprido,
que eu faria tudo o que havia resolvido fazer.

11Estou chamando um homem para que venha do Oriente;
de um país distante, ele vem rápido como uma águia
para fazer o que eu ordeno.
Vou cumprir o que prometi;
vou fazer o que planejei.

12“Gente teimosa, escute aqui!
Vocês pensam que a sua salvação vai demorar.
13Mas eu vou fazer chegar logo a salvação que prometi;
ela não vai demorar,
e em breve eu conseguirei a vitória.
Eu salvarei os moradores de Sião
e repartirei com o povo de Israel a minha grandeza.”