Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH)

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Êxodo 35 a 38 (dia 22)

LIVRO DE ÊXODO - CAPÍTULO 35

Moisés reuniu todo o povo de Israel e lhe disse:
- É isto o que o SENHOR mandou vocês fazerem: vocês têm seis dias para trabalhar, porém o sétimo dia deve ser sagrado, um dia solene dedicado ao SENHOR. Qualquer pessoa que fizer algum trabalho nesse dia deverá ser morta. No sábado, nem mesmo acendam fogo nas suas casas.

Moisés disse a todo o povo de Israel:
- É isto o que o SENHOR ordenou: façam uma oferta ao SENHOR. Quem quiser fazer isso deverá trazer uma oferta de ouro, prata ou bronze; fios de lã azul, púrpura e vermelha; linho fino; tecido feito de pêlos de cabra; peles de carneiro tingidas de vermelho e peles finas; madeira de acácia; azeite para lamparinas; especiarias para a preparação do azeite de ungir e para o incenso de cheiro agradável; pedras de ônix e outras pedras de valor para serem colocadas no manto sacerdotal e no peitoral do Grande Sacerdote.

- Todos os homens habilidosos deverão vir e fazer tudo o que o SENHOR mandou, isto é, a Tenda, as suas coberturas (a de dentro e a de fora), os prendedores, as armações, as travessas, os postes e as bases; a arca da aliança, os seus cabos de madeira, a sua tampa e a cortina para separar o Lugar Santíssimo do Lugar Santo; a mesa, os seus cabos e todo o seu equipamento; os pães oferecidos a Deus; o candelabro e o seu equipamento; as lamparinas com o seu azeite; o altar de queimar incenso e os seus cabos; o azeite de ungir; o incenso cheiroso; a cortina para a entrada da Tenda; o altar de queimar as ofertas e a sua grelha de bronze; os cabos e o resto do equipamento do altar; a pia com o seu suporte; a cortina do pátio, os seus postes e as suas bases; a cortina da entrada do pátio; as estacas e as cordas da Tenda, e as estacas e as cordas do pátio; e as roupas que os sacerdotes usarão quando servirem no Lugar Santo, isto é, as roupas sagradas de Arão e dos seus filhos.

Então o povo de Israel foi para casa, e todos os que - de fato - queriam, voltaram trazendo uma oferta para o SENHOR, a fim de que a Tenda da Presença de Deus, o SENHOR, fosse construída.

Eles trouxeram tudo o que era necessário para a adoração e para fazer as roupas dos sacerdotes. Vieram homens e mulheres, todos com muita boa vontade, e trouxeram fivelas, brincos, anéis, pulseiras e todo tipo de objetos de ouro. E essas ofertas foram dedicadas ao SENHOR. E também trouxeram como oferta linho fino, fios de lã azul, púrpura e vermelha, tecido feito de pêlos de cabra, peles de carneiro tingidas de vermelho e peles finas.

Todos os que podiam dar trouxeram prata e bronze como oferta ao SENHOR, e também os que tinham madeira de acácia que podia ser usada para qualquer trabalho.

Todas as mulheres habilidosas trouxeram o que haviam feito: fios de linho fino e fios de lã azul, púrpura e vermelha. Elas também fizeram tecidos de pêlos de cabra.

Os líderes trouxeram pedras de ônix e outras pedras de valor para serem colocadas no manto sacerdotal e no peitoral do Grande Sacerdote. E trouxeram também especiarias e o azeite para as lamparinas, para ungir e para o incenso cheiroso.

Todos os israelitas trouxeram de muita boa vontade as suas ofertas a Deus, o SENHOR, para o trabalho que ele, por meio de Moisés, havia ordenado que fosse feito.

Moisés disse ao povo de Israel:
- O SENHOR Deus escolheu Bezalel, filho de Uri e neto de Hur, da tribo de Judá. Deus o encheu com o seu Espírito e lhe deu inteligência, competência e habilidade para fazer todo tipo de trabalho artístico; para fazer desenhos e trabalhar em ouro, prata e bronze; para lapidar e montar pedras preciosas; para entalhar madeira; e para fazer todo tipo de artesanato. O SENHOR deu a Bezalel e a Aoliabe, filho de Aisamaque, da tribo de Dã, o dom de ensinar os outros. Ele lhes deu habilidade para fazerem todos os trabalhos de gravador e de desenhista, para tecerem linho fino e fios de lã azul, púrpura e vermelha e para fazerem outros tecidos. Eles têm habilidade para todo tipo de trabalho e para fazer desenhos.



LIVRO DE ÊXODO - CAPÍTULO 36

- Bezalel, Aoliabe e todos os outros homens a quem o SENHOR deu habilidade e inteligência e que conhecem tudo o que é preciso para construir a Tenda Sagrada, deverão fazer tudo como o SENHOR ordenou.

Moisés chamou Bezalel, Aoliabe e todos os outros homens a quem o SENHOR tinha dado habilidade e que tinham boa vontade para ajudar, e disse-lhes que começassem a trabalhar. Eles receberam de Moisés as ofertas que os israelitas haviam trazido para construir a Tenda Sagrada.

E todas as manhãs o povo de Israel continuava a trazer a Moisés as suas ofertas. Então os artesãos que estavam fazendo o trabalho foram falar com Moisés.

Eles disseram o seguinte:
- O povo está trazendo muito mais do que é necessário para o trabalho que o SENHOR mandou fazer.

Então Moisés ordenou que em todo o acampamento ninguém mais trouxesse ofertas para a Tenda Sagrada. E assim o povo não trouxe mais nada. Pois o material que tinham ajuntado era suficiente para todo o trabalho que devia ser feito e ainda sobrava.

E assim os homens mais habilidosos entre os trabalhadores fizeram a Tenda da Presença do SENHOR.

* Eles a fizeram com dez cortinas de tecido feito de linho fino e de fios de lã azul, púrpura e vermelha.
* Nessas cortinas estavam bordadas figuras de querubins.
* Todas as cortinas eram do mesmo tamanho, medindo doze metros e meio de comprimento por um metro e oitenta de largura.
* Eles costuraram cinco delas umas nas outras, formando assim uma só peça; e fizeram a mesma coisa com as outras cinco.
* Foram colocadas laçadas de tecido azul na beirada de fora da última cortina de cada uma das duas peças de cortinas.
* Puseram cinqüenta laçadas na beirada da primeira cortina da primeira peça e cinqüenta na beirada da última cortina da segunda peça, de modo que as laçadas ficaram de frente umas para as outras.
* Os dois jogos de cortinas foram presos um no outro por meio de cinqüenta prendedores de ouro, de modo que formavam uma só peça.
* De onze pedaços de pano feito de pêlos de cabra fizeram uma cobertura para a Tenda. E fizeram todos os pedaços do mesmo tamanho, isto é, todos tinham treze metros e trinta de comprimento por um metro e oitenta de largura.
* Costuraram cinco pedaços uns nos outros, formando uma peça, e os outros seis, formando outra peça. Foram colocadas cinqüenta laçadas na beirada do último pedaço da primeira peça e cinqüenta laçadas na beirada da outra peça.
* Depois fizeram cinqüenta prendedores de bronze para prenderem as duas peças uma na outra a fim de que formassem uma cobertura só.
* Fizeram mais uma cobertura, de peles de carneiro tingidas de vermelho; e em cima desta colocaram outra cobertura, feita de peles finas.
* Prepararam também armações de madeira de acácia a fim de formarem as paredes da Tenda.
* Cada uma das armações media quatro metros e quarenta e cinco de altura por sessenta e sete centímetros de largura.
* Em cada armação havia dois encaixes para juntarem uma à outra. Todas as armações tinham esses encaixes.
* Fizeram vinte armações para o lado sul e debaixo dessas vinte armações puseram quarenta bases de prata, duas debaixo de cada armação, para firmarem os seus dois encaixes.
* E para o lado norte da Tenda fizeram vinte armações e quarenta bases de prata, duas para cada armação.
* Para o lado de trás da Tenda, o lado oeste, fizeram seis armações e mais duas armações para os cantos.
* Essas armações dos cantos foram juntadas na base, formando uma só peça até a primeira argola que ficava na parte de cima.
* As duas armações que formavam os dois cantos foram colocadas desse jeito. Assim, havia oito armações e dezesseis bases de prata, duas para cada armação.
* Em seguida prepararam quinze travessas de madeira de acácia; cinco para as armações de um lado da Tenda, cinco para as armações do outro lado e cinco para as armações do lado oeste, na parte de trás.
* A travessa do centro passava a meia altura entre as armações, de um lado da Tenda até o outro.
* Revestiram de ouro essas armações e puseram nelas argolas de ouro, por onde passavam os cabos, que também foram revestidos de ouro.
* Fizeram também uma cortina de tecido feito de linho fino e de fios de lã azul, púrpura e vermelha e bordada com figuras de querubins.
* Para segurarem essa cortina, foram feitos quatro postes de madeira de acácia revestidos de ouro; os prendedores das cortinas eram de ouro, e as quatro bases dos seus postes eram de prata.
* Para a entrada da Tenda foi feita uma cortina de tecido feito de linho fino e de fios de lã azul, púrpura e vermelha e enfeitada com bordados.
* Para segurarem essa cortina, foram feitos cinco postes, com prendedores, e revestiram de ouro a parte de cima dos postes e os suportes das cortinas.
* E foram feitas cinco bases de bronze para os postes.



LIVRO DE ÊXODO - CAPÍTULO 37

Bezalel fez a arca da aliança de madeira de acácia; a arca media um metro e dez de comprimento por sessenta e seis centímetros de largura e sessenta e seis de altura.

* Ele a revestiu de ouro puro por dentro e por fora e pôs em toda a volta um remate de ouro.
* Fez quatro argolas de ouro e as colocou nos quatro pés da arca, ficando duas argolas de cada lado.
* Ele fez cabos de madeira de acácia e os revestiu de ouro. Depois enfiou os cabos nas argolas nos dois lados da arca, para que pudesse ser carregada.
* Bezalel fez uma tampa de ouro puro de um metro e dez de comprimento por sessenta e seis centímetros de largura.
* Ele fez dois querubins de ouro batido, um para cada ponta da tampa. Ele os fez de tal modo, que formavam uma só peça com a tampa.
* Os querubins ficavam de frente um para o outro, olhando para a tampa, e as suas asas abertas cobriam a tampa.

Bezalel fez uma mesa de madeira de acácia, com as seguintes medidas: oitenta e oito centímetros de comprimento por quarenta e quatro de largura e sessenta e seis de altura.

* Ele revestiu de ouro puro a mesa e colocou um remate de ouro em volta dela.
* Também fez em volta da mesa um friso de quatro dedos de largura e pôs um remate de ouro em volta do friso.
* Fez quatro argolas de ouro e as pôs nos quatro cantos, perto dos quatro pés.
* Perto do friso estavam as argolas por onde passavam os cabos que eram usados para se carregar a mesa.
* Ele fez os cabos de madeira de acácia e os revestiu de ouro.
* Fez também de ouro puro as vasilhas para a mesa, isto é, os pratos, os copos, as taças e as jarras que eram usados para as ofertas de vinho.

Bezalel fez de ouro puro batido o candelabro, a sua base e a sua haste.

* As flores que enfeitavam o candelabro, com os seus botões e as suas pétalas, formavam uma só peça com ele.
* Dos seus lados saíam seis braços, três de um lado e três do outro.
* Cada um dos seis braços tinha três flores com o formato de flor de amendoeira, com os seus botões e as suas pétalas.
* A haste do candelabro tinha quatro flores com o formato de flor de amendoeira, com os seus botões e as suas pétalas.
* Havia um botão de amendoeira debaixo de cada um dos três pares de braços.
* Os botões, os braços e o candelabro formavam uma só peça de ouro puro batido.

Bezalel também fez sete lamparinas para o candelabro; as tesouras de cortar os pavios das lamparinas e os cinzeiros eram de ouro puro. Ele usou trinta e quatro quilos de ouro puro para fazer o candelabro e todas as peças que o acompanhavam.

Bezalel fez um altar de madeira de acácia para queimar incenso em cima dele.

* O altar era quadrado, medindo quarenta e cinco centímetros de comprimento por quarenta e cinco de largura; e tinha noventa centímetros de altura.
* As pontas, nos quatro cantos, formavam uma só peça com o altar.

Bezalel revestiu de ouro puro a tampa, os quatro lados e as pontas e colocou um remate de ouro em volta do altar.

* Também fez duas argolas de ouro e as colocou debaixo do remate, uma de cada lado.
* Por dentro das argolas passavam os cabos que eram usados para carregar o altar.
* Os cabos foram feitos de madeira de acácia e revestidos de ouro.

Bezalel preparou o azeite sagrado de ungir e o incenso puro de cheiro agradável, misturado como perfume.



LIVRO DE ÊXODO - CAPÍTULO 38

Para os sacrifícios que eram completamente queimados, Bezalel fez um altar de madeira de acácia.

* O tampo do altar era quadrado, medindo dois metros e vinte de comprimento por dois metros e vinte de largura; e o altar media um metro e trinta de altura.

Bezalel fez quatro pontas para os quatro cantos do altar.

* Essas quatro pontas formavam uma só peça com o altar.
* E ele o revestiu todo de bronze.
* Fez também todas as peças para serem usadas no altar, isto é, as vasilhas, as pás, as bacias, os garfos e os braseiros.
* Todas essas peças foram feitas de bronze.
* Ele fez uma grelha de bronze em forma de rede e a colocou debaixo da beirada do altar, de modo que a grelha chegava até a metade da altura do altar.
* Fez quatro argolas para os quatro cantos da grelha, para enfiar nelas os cabos.
* Os cabos foram feitos de madeira de acácia e revestidos de bronze.

Depois Bezalel enfiou os cabos nas argolas nos dois lados do altar.

* O altar foi feito de madeira e era oco.
* Com os espelhos de bronze das mulheres que faziam serviços na entrada da Tenda da Presença de Deus, Bezalel fez a pia e a sua base.
* Para a Tenda da Presença de Deus, Bezalel fez um pátio cercado de cortinas de linho fino.
* No lado sul as cortinas tinham quarenta e quatro metros de comprimento.
* Elas eram sustentadas por vinte postes de bronze com bases também de bronze.
* Os ganchos dos postes e os suportes das cortinas eram de prata.

Bezalel fez a mesma coisa no lado norte do pátio.

* O pátio tinha vinte e dois metros de largura; portanto, nos lados oeste e leste as cortinas tinham vinte e dois metros de comprimento.
* Para sustentarem as cortinas, havia dez postes e dez bases; os ganchos e os suportes eram de prata.
* A entrada do pátio ficava no lado leste.
* De cada lado da entrada havia cortinas de seis metros e sessenta de comprimento, com três postes e três bases para sustentarem as cortinas.
* Todas as cortinas que ficavam em volta do pátio eram de linho fino.
* As bases das colunas eram de bronze, e os ganchos, os suportes e a parte de cima dos postes eram de prata.
* E todos os postes em volta do pátio eram unidos por suportes de prata.
* A cortina da entrada do pátio era de tecido feito de linho fino e de fios de lã azul, púrpura e vermelha, enfeitada com bordados.
* O comprimento dessa cortina era de oito metros e oitenta, e a altura, de dois metros e vinte, como as cortinas do pátio.
* Ela era sustentada por quatro postes com bases de bronze.
* Os ganchos, a parte de cima dos postes e os suportes eram de prata.
* Todas as estacas da Tenda e do pátio eram de bronze.




A seguir vem a lista da quantidade dos metais usados na Tenda da Presença de Deus, onde estavam guardadas as duas placas de pedra, com os dez mandamentos.

Moisés mandou fazer a lista, e ela foi preparada pelos levitas dirigidos por Itamar, filho do sacerdote Arão. Bezalel, filho de Uri e neto de Hur, da tribo de Judá, fez tudo o que o SENHOR havia ordenado a Moisés. O seu ajudante foi Aoliabe, filho de Aisamaque, da tribo de Dã. Aoliabe era gravador, desenhista e tecia linho fino e fios de lã azul, púrpura e vermelha.

* Todo o ouro que havia sido oferecido ao SENHOR para a Tenda Sagrada pesava mil quilos, de acordo com a tabela oficial.

* A prata da contagem do povo pesava três mil quatrocentos e trinta quilos, de acordo com a tabela oficial.

Essa quantia foi igual ao total pago por todos os homens alistados na contagem do povo; e cada homem pagava a importância exigida, pesada de acordo com a tabela oficial. Foram alistados na contagem seiscentos e três mil quinhentos e cinqüenta homens de vinte anos para cima.

Foram usados três mil e quatrocentos quilos de prata para fazer as cem bases da Tenda Sagrada e da cortina, isto é, trinta e quatro quilos para cada base. Com os trinta quilos de prata que sobraram, Bezalel fez os cabos, os ganchos para os postes e a parte de cima dos postes.

* O bronze que foi oferecido a Deus dava um total de dois mil quatrocentos e vinte e cinco quilos.

Com isso, Bezalel fez as bases para a entrada da Tenda da Presença de Deus; o altar de bronze com a sua grelha, também de bronze; todos os objetos para o altar, para as bases que ficavam em volta do pátio e para a entrada do pátio; e todas as estacas para a Tenda e para o pátio que ficava em volta da Tenda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário